noticias  Gn  ge  show  vídeos

SAÚDE DOS OLHOS

OS OLHOS, OS AMORES E O TEMPO

A felicidade da visão em cada fase da vida

Por Julia Figueiredo

14/10/2021 16h42 Atualizado há uma hora

Foto de um olho azul

Não me lembro de minhas primeiras impressões visuais.

Devem ter sido entusiasmantes, pois de repente o escuro acabou e as cores chegaram em formas de visões distorcidas, ainda sem sentido.

Aos poucos foram se definindo e pude reconhecer e sorrir para a primeira adorada imagem de um lindo rosto de quem eu chamaria de mãe.

A esta imagem somaram-se muitas outras também amadas e as reconheci como meu pai, irmãos e avós, e para elas eu também sorria.

Assim foi que comecei a fazer pude fazer a maravilhosa confusão que me acompanha até hoje: visão e amor!

Por vezes, meus olhos traziam figuras estranhas que me assustavam e entendi que a vida não apresentava apenas imagens bonitas.

Alternando o bem e o mal desenvolvi minhas vistas e elas me fizeram compreender o mundo, seus amores e alguns dissabores.

Foto de criança com óculos

“Em 2020, quase 390 mil procedimentos cirúrgicos no aparelho da visão a menos do que em 2019. Em 2020 mais de 1 milhão de cirurgias oftalmológicas. No ano anterior, houve o registro de 1,4 milhão.”

Na infância tudo era novo, o que tornava meus olhos curiosos, o tempo todo. Do acordar à noite, as novas formas que me traziam me ligavam a um amoroso cotidiano.

Na adolescência, meus olhos me trouxeram 85% das informações para descobrir o amor ao conhecimento, mas – ao mesmo tempo – esta afável curiosidade intelectual me custou a nitidez da visão de longe e leitura se tornou mais interessante que as aulas, pois não enxergava bem à lousa!

Após visita ao oftalmologista, ganhei e amei a a meus primeiros óculos de míope que me devolveram belas imagens do mundo e, com elas, o amor, na linda figura da princesa da classe ao lado, a qual eu só via de longe, ou de muito perto, pois retirava os óculos antes que ela me visse!

Tornou-se minha primeira namoradinha no dia em que me surpreendeu usando meus óculos e docemente perguntou:

– Por que você tira seus óculos toda vez que vai chegar perto de mim?, gosto tanto de vê-lo com eles!

A partir dali, nunca mais os tirei e pude olhar o tempo todo aquela apaixonante imagem de meu primeiro amor, com o qual passava todo o tempo do recreio, fascinado por ela e por meus óculos, já que eles – assim como a trouxeram – me devolveram a visão, tomando pela primeira vez consciência da importância tão grande de meus olhos na construção de minha felicidade.

Foto de idoso se aventurando

Na fase adulta, obviamente, meus olhos, minha visão, se tornaram cruciais, desde o esforço na busca de erudição como de sucesso profissional até pelo mais importante: as benesses que a vida amorosa nos traz, agora já não míope, após uma bem sucedida cirurgia da miopia.

O tempo continuava e o amor por tudo o que via na vida vinha primeiro pelos olhos. Amor pelos filhos que via crescerem, amor pelo progresso pessoal que via nas conquistas materializadas, amor ao próximo em que enxergava necessidade. Ver e amar, ver e amar, ver e amar…

Mas aos quarenta anos a visão para perto diminuiu…
… e foi recuperada por pequenos óculos.

Mas eles foram ficando mais fortes…
… e a visão foi sendo recuperada a cada nova receita.

Mas aos sessenta começou a catarata, leve no começo, agravando-se com o tempo…
… e foi totalmente curada pelas cirurgias que devolveram não só a visão nítida para longe, como para perto, perdida após os quarenta.

E os olhos continuaram – e continuam – a me presentear com as alegres imagens da vida, dos netos, das flores
… e dos amores.

E aqui estou, feliz com meus olhos – a cada momento -, feliz com minha visão – em cada sentimento – e feliz com meus amores – de cada tempo.

Possui catarata e tem o desejo de voltar enxergar como um jovem?

 

Saiba mais clicando na imagem

FAÇA SUA CIRURGIA DE CATARATA COM SEGURANÇA E GARANTIA

Pacote completo com Lente Importada e Exames

PARCELE EM ATÉ 12x S/ JUROS
SEM VALORES ADICIONAIS

Foto: (Amanda Perobelli/Reuters)
Combate a catarata,

Saúde ocular com os problemas instalados em estado mais avançado

Conselho Brasileiro de oftalmologia, cerca de 3,7 milhões de consultas deixaram de ser realizadas, uma queda de 35% redução de 390mil procedimentos.
 

Acusações sem provas. Acusações sem provas

Fraude volta a assolar 

A entrevista do ex-prefeito de Nova York e advogado pessoal do presidente.